terça-feira, 27 de julho de 2010

À prova de tudo: Dicas de Sobrevivência


Ainda estou pensando em como pode estar se sentindo a mãe do menino Rafael Mascarenhas, atropelado e morto na semana passada nas ruas de São Paulo.
Sei que ela deve estar buscando por justiça, mas sei também, e ela também sabe, é que a justiça fará pouco por Rafael.
Me entristece demais saber, ou não saber, nas mãos de quem estamos. Deixar nossa segurança aos cuidados de pessoas tão pouco comprometidas, que aceitam transgressões, propinas, fecham os olhos aos mais nítidos sinais de infrações, é ter que assumir que estamos sós.
Gosto muito de assistir a um programa transmitido pela Discovery Channel chamado À prova de tudo, ou Born Survivor, no inglês.
A cada episódio, o grande enfrentador de perigos, Bear Grylls, ensina como sobreviver em uma situação de risco.
Grande fã, atenta a cada episódio, me emociono com a perspicácia do rapaz. Querendo aprender sempre, lembro bem de como devo proceder em alto mar, caso venha a naufragar. Chegando em uma ilha deserta, sei que devo me instalar sobre uma árvore, sei que devo procurar um rio, porque suas margens são regiões habitáveis. Sei que posso comer de determinadas árvores, confiar ou não em determinados animais.
Também aprendi a ser uma expert dos desertos. Sei que mesmo com o calor, poucas roupas são inadequadíssimas. Aprendi que alguns calangos, caso haja coragem para comê-los, podem ser ótimas fontes de proteínas... e outras coisas desse tipo.
Mas o que o Grylls ainda não me ensinou é como sobreviver num país como o meu. Não sei ainda quais pessoas são confiáveis, que tipo de necessidades esdrúxulas e extremas precisamos presenciar para que haja justiça, ou que conduta precisamos ter para que não sejamos abusados diariamente, de todas as formas.
Acho que só me falta esse episódio para estar preparada, assim, para tudo!

7 comentários:

  1. Sobrevivendo sempre.
    A maneira com que usa suas técnicas aqui é divina.

    Eu preciso sempre ler duas vezes.

    ResponderExcluir
  2. *Andréia, bom dia !!! *

    *Olha, menina, ambos estavam errados : *Rafael e

    o rapaz que o atropelou !!!

    Eles deveriam estar dentro das suas casas,

    dormindo, descansando e não ... de madrugada,

    na rua, zona Sul da cidade do Rio de Janeiro !

    *Andréia, tenho 50 anos de idade e sou

    professora de uma escola pública do estado

    de São Paulo ! Há alguns poucos meses, numa

    sala do E.J.A. (antigo *Supletivo !) comentei

    com os meus alunos que está mais fácil eu

    chegar aos 70 anos de idade - apesar dos 20

    cigarrinhos de *Hilton (curto) que eu fumo

    diariamente !!! - do que um jovem nos dias de

    hoje chegar aos 25 anos de idade !!! (*E olha

    que isso me preocupa MUITO !!! Além de

    professora. sou mãe de um rapaz de 21 anos de

    idade e de uma mocinha de 19 anos de idade

    !!!).

    O jovem de hoje está levando uma vida

    muito desregrada, perigosa ... são hábitos

    ruins e muitos tipos de drogas !!! Uma

    verdadeira TRISTEZA !!!

    Já rezei e continuo rezando pela "Cissa

    Guimarães" mãe do *Rafael Mascarenhas !!!

    Imagino a TRISTEZA, a REVOLTA e a SAUDADE que

    ela está sentindo !!! É algo verdadeiramente

    DO-LO-RO-SO !!! Todavia, repito : tanto *Rafael

    quanto os outros rapazes estvam errados !!!

    *Andréia, tenha uma boa semana !!!

    *Fiques com Deus.

    *Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Queridíssimos,
    Obrigada pelos comentários, sempre.
    =D

    ResponderExcluir
  4. apesar de tudo nunca estamos devidamente preparados para os imprevistos reais, te leio e te sigo,

    abraço

    ResponderExcluir
  5. Assis, Leca,
    Sintam-se abraçados por aqui, sim?

    Obrigada pelos comentários.

    Andreia.

    ResponderExcluir